Comitê de Infraestrutura recebe membros do DNIT para conhecer planos para a transição das rodovias

 

 

 

 

 

 

 

O Comitê de Infraestrutura do Movimento Pró-Paraná e do IEP recebeu, nesta terça-feira (21), em reunião virtual, os engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/PR), Hélio Gomes da Silva Junior, coordenador de engenharia terrestre, e Felipe Joenck. O objetivo foi conhecer os planos do DNIT com relação à transição da concessão das rodovias, que se inicia em 27 de novembro.


O assunto vem sendo acompanhado com interesse pelos membros, uma vez que está próximo o prazo de encerramento das atuais concessionárias e a transição envolve aspectos políticos, burocráticos e técnicos. Com a abertura das cancelas, questões como atendimento em caso de acidentes, segurança e monitoramento preocupam os membros, que discutem alternativas para serem levadas ao Governo do Estado.


O presidente do Pró-Paraná, Marcos Domakoski, destacou a conquista histórica do novo modelo de concessão e ressaltou a importância de se discutir a transição. “O modelo foi uma conquista histórica, agora estamos preocupados com o término dos contratos pois não sabemos como ficará esse período, até que as novas concessionárias assumam”, explicou, ressaltando que o Comitê já conversou com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) com o secretário de infraestrutura e nesta terça recebeu membros do DNIT.


“Nossa grande preocupação é com os prazos curtíssimos para assinatura de contratos ou implementação de outras medidas e sobre como ficará a assistência aos usuários em casos de acidentes”, explica o coordenador-geral do comitê, Luiz Roberto Bruel.


O presidente do IEP, Nelson Gomez, agradeceu a presença dos membros do DNIT e sua disponibilidade em tirar dúvidas sobre o assunto. “Nosso objetivo é atuar politicamente e apartidariamente para a melhoria da infraestrutura do Paraná”, resumiu.


O engenheiro Hélio Gomes da Silva Junior explicou que, no período de transição, as manutenções serão feitas pelo DER, nas rodovias estaduais, e pelo DNIT nas rodovias federais.


Em seguida, os membros do Comitê puderam questionar os membros do DER com relação a pontos que consideram importantes para a transição. O presidente do IEP agradeceu a presença dos membros do DNIT no encontro virtual. “Foi colocada uma realidade que demonstra a necessidade de atuação do nosso comitê”, afirmou.


No final da reunião, decidiu-se pela elaboração de uma carta com pontos de ação que será enviada ao Governo do Estado.