MPP prestigia posse dos membros da Academia Paranaense de Engenharia

O presidente do Movimento Pró Paraná (MPP), Marcos Domakoski, esteve presente na celebração dos 96 anos do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), realizada nesta segunda-feira (7/2), na sede do Instituto. A atuação do instituto tem sido essencial para o desenvolvimento do Paraná. Nos primeiros anos, o Instituto abriu caminho para que o estado pudesse agregar valor a sua produção eminentemente rural. Mais recentemente os desafios são igualmente grandes, mas de outra natureza. Obras infraestruturais são, afinal, chave para a atração de investimentos no mercado global. O objetivo de tornar o Paraná mais próspero e moderno une o MPP e o IEP.

Além de Domakoski, o Pró-Paraná foi representado por seu diretor administrativo-financeiro, Jaime Sunye Neto.

O evento contou ainda com a cerimônia de posse do engenheiro e primeiro vice-presidente do MPP, Mario Pereira, na Academia Paranaense de Engenharia (APE), ocupando a então cadeira do ex-governador Emílio Gomes. A cerimônia prestigiou também o novo presidente da APE, Horácio Hingenberg Guimarães, que atuou como presidente do IEP na gestão 2019-2021.

Em seu pronunciamento, o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, enalteceu o trabalho realizado pelo IEP e pelo MPP pelos dos trabalhos realizados em prol da cidadania e do Paraná.

Domakoski destacou em seu discurso a importância do Instituto para o desenvolvimento do estado e relembrou da parceria entre o IEP e o Pró Paraná, que proporcionou debates sobre o pedágio, a decorracagem das Palanganas, engorda das praias e do Conselho de Recuperação dos Bens Ambientais Lesados (CRBAL).