Presidente do MPP prestigia anúncio do início das obras na orla de Matinhos

Uma antiga reivindicação do Movimento Pró-Paraná (MPP) tornou-se concreta na tarde desta terça-feira (29/3) com o anúncio do início das obras na orla de Matinhos. A nota técnica que embasou o projeto foi elaborada pelo Pró-Paraná em parceria com o Instituto de Engenharia do Paraná (IEP). O presidente do movimento, Marcos Domakoski, esteve presente à cerimônia em que o governador Carlos Massa Ratinho Júnior anunciou, no Palácio Iguaçu, o início das obras, assinou convênios, liberou R$ 537 milhões e fez o chamamento público para os projetos de recuperação ambiental, no valor de R$ 120 milhões. A solenidade marcou também a saída do cargo do secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, por questão de descompatibilização eleitoral.
Em seu pronunciamento, Nunes destacou o papel do Pró-Paraná no conjunto de ações promovidas ao longo de sua gestão.
Domakoski considera a obra em Matinhos fundamental para que o estado possa desenvolver plenamente o potencial turístico do litoral. “No balanço do secretário ficou claro que os investimentos no litoral são um recorde. É algo que nos deixa esperançosos quanto ao desenvolvimento regional, até porque também a ponte de Guaratuba saiu do papel agora que as condições elencadas pelo Ministério Público foram satisfeitas”, observa.
Domakoski foi citado nominalmente pelo deputado federal Sérgio Souza, que tomou parte da solenidade como representante da bancada paranaense no Congresso.
Dentre as inúmeras autoridades presentes, estiveram também os ex-governadores Mário Pereira e Orlando Pessuti, respectivamente primeiro e segundo vice-presidentes do Pró-Paraná; o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador José Laurindo de Souza Netto; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; parlamentares e representantes do Ministério Público do Paraná.