Professor Zaki Akel representa o Pró-Paraná no IV Fórum de Gestão Pública Faciap

O administrador e professor da UFPR Zaki Akel Sobrinho, coordenador do Conselho Deliberativo do Movimento Pró- Paraná (MPP) representou a entidade no IV Fórum de Gestão Pública da Faciap, realizado na tarde desta terça-feira (29/3) no Teatro Positivo.

O fórum teve como tema central o “Cenário Econômico e a Agenda BC”.

O diretor de Regulação do Banco Central do Brasil, Otávio Ribeiro Damaso, tomou parte da sessão de abertura do evento. Os diretores de Fiscalização do Banco Central, Paulo Sérgio Neves de Souza; e de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta, Maurício Moura, foram os convidados especiais para participar como debatedores no painel “A Importância do Sistema Financeiro na Economia Real”.

Realizado pela Faciap, o evento contou com o apoio de diversas entidades do setor produtivo do Paraná.

Para Akel, a palestra feita por Damaso, foi muito interessante. Ele apresentou um quadro da economia mundial no cenário pós pandemia e pós conflito Rússia x Ucrânia, mostrando uma aceleração da demanda por bens e produtos que é muito mais veloz que a aceleração por serviços, e isto está causando alguns problemas, tanto de logística, quanto a falta de containers, as rotas de transporte, os portos sobrecarregados e também a questão da falta de microchips e outros desdobramentos. “Ele também mencionou a política de juros do Banco Central para conter a inflação mundial que tem causas estruturais. Mencionou ainda a força do agronegócio brasileiro e as exportações”, relata Zaki Akel.

O presidente da Faciap, por sua vez, citou a importância de entender as diretrizes e os quadros de análise que o Banco Central faz da economia brasileira e os reflexos no Paraná. Logo após o vice-governador Darci Piana, que também é presidente da Fecomércio e membro do G7, ressaltou a pujança do estado do Paraná e o bom ambiente de negócios, que está tendo diversos investimentos em novas indústrias e em novos empreendimentos, e que com todos as obras de infraestrutura o estado tem encontrado um caminho de desenvolvimento muito seguro.