Solenidade dá posse à nova diretoria do Movimento Pró-Paraná

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Tendo o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, como convidado de honra, a nova diretoria do Movimento Pró-Paraná foi empossada na tarde desta terça-feira (26/10), no Palácio Iguaçu. O movimento, criado há 20 anos, em Curitiba, foi impulsionado pela mobilização de empresários e setores da sociedade civil, liderados pelo advogado e jornalista Francisco Cunha Pereira Filho pela conquista dos royalties da Usina Hidrelétrica de Itaipu após uma mobilização iniciada em 1991.


Graças a essa união, a partir de 1996, o Paraná passou a receber os recursos de compensação financeira pela exploração daquela área. Desde então, o grupo começou a participar ativamente de todas as grandes reivindicações do estado junto aos três Poderes, formalizando sua criação em uma Assembleia Geral realizada no dia 25 de janeiro de 2001. Sem fins lucrativos nem vínculos partidários ou ideológicos, o Pró-Paraná tem como principal objetivo integrar interesses dos vários segmentos da sociedade paranaense junto aos em busca de solução para os problemas do estado.


A solenidade de posse foi realizada de forma híbrida, com a maioria dos participantes assistindo à transmissão on-line. Além do governador e do engenheiro Marcos Domakoski, reconduzido ao cargo de presidente do Pró-Paraná, estiveram presentes no Palácio Iguaçu o desembargador José Laurindo de Souza, Netto, presidente do Tribunal de Justiça do Paraná; o ex-governador Mário Pereira, 1º vice-presidente do Pró-Paraná; Arnaldo Rebello, reitor do Unicuritiba e 4º vice-presidente do Pró-Paraná; José Lucio Glomb, membro honorário vitalício do Conselho Pleno da OAB Paraná e coordenador do Conselho Superior do Pró- Paraná; e o professor-doutor Zaki Akel Sobrinho, coordenador do Conselho Deliberativo do Pró-Paraná.

Reflexão

Domakoski ressaltou que a ocasião solene convida à reflexão. “Com muita ciência da responsabilidade que me cabe, quero agradecer a aprovação e a confiança que esta recondução ao cargo expressa. Tenham certeza de que eu e os demais diretores e conselheiros eleitos para esse novo mandato faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para fazer florescer no Paraná cada vez mais empreendimentos que nos levem ao patamar de desenvolvimento sonhado por nossos fundadores, a quem reverencio evocando a memória do jornalista Francisco Cunha Pereira Filho”.


O senador Oriovisto Guimarães destacou que missão de senador complementa a atuação do MPP. “Tenho certeza que falo também em nome dos senadores Alvaro Dias e Flávio Arns, garantindo que estaremos sempre juntos para contribuir com as lutas do movimento”, disse desejando felicidades aos integrantes da nova gestão.

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), desembargador José Laurindo de Souza Netto, destacou o trabalho do Pró-Paraná para melhoria da infraestrutura. “A união de esforços em prol de objetivos comuns, como brilhantes paranistas imbuídos de amor, fé e coragem, nos torna cada vez mais fortes. Parabenizo os que tomam posse e me coloco à disposição para contribuir com a projeção do Paraná no Brasil e no mundo todo”, disse.

União

Fechando a cerimônia, o governador Ratinho Júnior afirmou que é uma alegria receber a solenidade no Palácio Iguaçu, “a casa de todos”. “O Pró-Paraná surgiu pelo amor de um homem apaixonado pelo Paraná. E hoje conta com muitos outros apaixonados pelo nosso estado”, destacou. “O ato de governar é, por si só, um grande desafio. Mais ainda sob a pandemia e a calamidade hidríca, com a responsabilidade de refazer o modelo de concessão de rodovias, de revitalizar o litoral e de organizar boa parte da estrutura viária. Isso não se faz sozinho, mas com união. Acredito que é essa aproximação das instituições públicas e da sociedade civil organizada que nos permite vencer os desafios. Assim podemos criar esse Paraná do futuro. Aqui meu reconhecimento ao Movimento Pró-Paraná, que tem como bandeira lutar pelos interesses da coletividade. Em nome do Marcos Domakoski cumprimento todos os integrantes do movimento e peço que continuem atuando como instrumento de defesa do nosso estado. Ter o apoio de um movimento com a envergadura do Pró-Paraná nos dá a tranquilidade de saber que estamos no caminho correto”, frisou.


Fechando sua manifestação, o governador compartilhou com os presentes um dado muito animador: as mais de 15 mil vagas CLT geradas no Paraná em setembro deste ano. “Oportunidade de trabalho é o maior ganho social que podemos oferecer à sociedade. O poder público, não atrapalhando, já faz um grande negócio, pois cabe ao estado a função indutora. O bom ambiente de paz política ajuda muito a atrair investimentos”, completou.

Empossados​

Também tomaram posse durante o ato solene:

  • Mário Pereira (1º vice-presidente);
  • Orlando Pessuti (2º vice);
  • Clèverson Marinho Teixeira (3º vice);
  • Arnaldo Miró Rebello (4ºvice);
  • Nelson Luiz Gomez (5º vice);
  • Rafael de Lala Sobrinho (diretor secretário);
  • Jaime Sunye Neto (diretor financeiro);
  • Luiz Alberto Gomes (diretor de relações institucionais);
  • Rosane Gil Kolotelo Wendpap (diretora de eventos);
  • Kelso Krieger;
  • Luís Roberto Dantas Bruel.

CONSELHO SUPERIOR

  • José Lucio Glomb (coordenador)
  • Rogéria Dotti;
  • Eduardo Sciarra;
  • Horário Guimarães;
  • Gisah Akel;
  • Renato Adur.

CORPO DE BENEMÉRITOS

  • Jonel Chede;
  • Antonio Miguel Espolador Neto;
  • Avani Tortato Slomp Rodrigues;
  • Edson José Ramon;
  • Francisco Fernando Fontana;
  • Gilberto de Abreu Pires;
  • Gláucio José Geara;
  • José Lucio Glomb;
  • Luis Renato Pedroso.

CORPO DE MANTENEDORES

  • Adonai Aires Arruda, da Facop;
  • Ágide Meneguette, da FAEP;
  • Anderson Fumagalli, da Anderson Fumagalli Administração e Participações;
  • Camilo Turmina, da ACP;
  • Carlos Antonio Gusso, da Risotolândia;
  • Cássio Lisandro Telles, da OAB-PR;
  • Daniel Pimentel Slaviero, da Copel;
  • Darci Piana, vice-governador do Paraná, representando a Fecomércio-PR;
  • Fernando Maurício Moraes, da Faciap;
  • Giana Marilisa Custódio, da Rumo;
  • José Alberto Ricken, da Ocepar;
  • Luís Fernando Vianna, da Itaipu;
  • Luiz Carlos Borges da Silveira, do BRDE;
  • Nelson Luiz Gomez, do IEP;
  • João Carlos Ribeiro, do Porto Pontal;
  • José Alberto Pereira Ribeiro, do Sicepot;
  • José Manoel de Macedo Caron Junior, do Sinepe;
  • José Eugenio Gizzi, do Sinduscon;
  • Mauro Seraphim, do Unicuritiba;
  • Rafael Lamastra Jr, da Compagás
  • Sergio Malucelli, da Fetranspar;
  • Tarcísio Araújo Kroetz, do Instituto dos Advogados do Paraná;
  • Virgílio Moreira Filho, da Fiep.

CORPO DE FUNDADORES:

  • Áureo Simões Junior;
  • Alex Canziani da Silveira;
  • Cleverson Marinho Teixeira;
  • Chloris Casagrande Justen;
  • Domingos Tarço Murta Ramalho;
  • Gilberto Rezende de Carvalho;
  • Gilson Mafuza;
  • Guido Albano Guérios;
  • João Darcy Ruggeri;
  • Rafael de Lala Sobrinho;
  • Wilson Portes.

CONSELHO DELIBERATIVO

  • Zaki Akel Sobrinho (coordenador)
  • Antônio Romão Montes;
  • Antônio Sérgio Guetter;
  • Adalberto Souza;
  • Deborah Regina Wolski Dzierwa;
  • Edson Vidal Pinto;
  • Ernani Buchmann;
  • Eugênio Libreloto Stefanelo;
  • Gilberto Guimarães Monastier;
  • Hélio Bampi;
  • João Arthur Bettega Mohr;
  • João Cândido Cunha Pereira;
  • João Kopytowski;
  • Julieta Reis;
  • Juraci Barbosa;
  • Lindolfo Zimmer;
  • Luis Salvador Petrucci Gnoato;
  • Luiz Alberto Küster;
  • Luiz Antonio Camaro Fayet;
  • Márcia Schier;
  • Maria Inês Borges da Silveira;
  • Norman de Paula Arruda Filho;
  • Oscar Alves;
  • Priscila Grein;
  • Rogério Mainardes;
  • Roland Hasson;
  • Sergio Augusto Fernandes;
  • Thomas Augusto Amaral Neves;
  • Vitor Afonso Hoeflich;
  • Wilson Bley Lipski.

CONSELHO FISCAL

  • Wilson Portes (coordenador);
  • Alberto Franco Samways;
  • Sebastião Motta;
  • Wilson Portes.

SUPLENTES

  • José Mario Branco Dalla Stella;
  • Mauro Junior Seraphim;
  • Nelson Victor Koerich.

CORPO DE ELEITOS

  • Ana Amélia Filizola;
  • Eduardo Sciarra;
  • Estefano Ulandowski;
  • Gisah Akel;
  • Hélio Gomes Coelho Júnior;
  • Horácio Guimarães;
  • Luiz Francisco Novelli Viana;
  • Nilso Sguarezzi;
  • Odone Fortes Martins;
  • Paulo Roberto Hapner;
  • Renato Ardur;
  • Rogéria Dotti.

Além dos citados, prestigiaram a solenidade o secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva; Secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes; Secretário de Justiça Família e Trabalho, Ney Leprevost; o deputado federal Toninho Wandscheer, coordenador da bancada federal do Paraná; deputado estadual Luiz Fernando Guerra; o desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, do Conselho Nacional de Justiça; o juiz federal José Antônio Savaris, diretor do Foro da Seção Judiciária do Paraná; os juízes federais Patrícia Daher Lopes Panasolo; Friedmann Wendpap; Antônio César Bochenek e Anderson Furlan Freire da Silva; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel Slaviero; os prefeitos de Matinhos, José Carlos do Espírito Santo, o Zé da Ecler, e de Guaratuba, Roberto Justos; o presidente da FIEP, Carlos Valter Martins Pedro; o presidente da Associação Comercial do Paraná, Camilo Turmina; o presidente do Conselho de Administração da Copel, Daniel Slaviero; Vitor Roberto Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae Paraná; Nilson Camargo, da FAEP; Édson José Ramon, presidente do Instituto Democracia e Liberdade; Coronel Malucelli, da Fetranspar; Guilherme Döring da Cunha Pereira, presidente do Grupo Paranaense de Comunicação; Ana Amélia Filizola, diretora da unidade jornais do Grupo Paranaense de Comunicação; Pedro Bório, embaixador do Brasil no Canadá; Emanuel Padilha, presidente da Academia Paranaense Rotária de Letras; Luís Mehl, presidente da Academia Paranaense de Engenharia; Luís Ricardo Martins, presidente da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência; Luiz Carlos Hauly, economista e ex-deputado federal; Virgílio Moreira, representando a FIEP.

Confira aqui a íntegra do discurso proferido pelo presidente Marcos Domakoski.